Músicas: Luxuosas manhãs de Maurílio de Oliveira e Edvaldo Galdino




Luxuosas manhãs
Parte de minha alegria
Faço de minha euforia uma linda canção
Para poder contar
O brilho do céu reflete a lua
Alvorada tão nua, crepuscular se vai
Sem poder ver o sol
Sorrateiras nuvens garbosas, curiosas
Contemplam o velho flerte no infinito, invejosas
Tornam o cenário mais bonito
e gotejam como um pranto
Sussurrando velhas trovas
Minha canção se faz cantiga
E se fundia às cantorias madrigais
E o sol ainda busca a sua lua
Que a natureza distancia
Qual o amor entre rivais
Sigo cantando e sol ao longe
Se escondendo no horizonte
Em prol de seu anseio muito fez
E a lua lentamente vem chegando
Brilhando esperançosa
Esperando o alvorecer
Mais uma vez
E a lua lentamente vem chegando
Brilhando esperançosa
Esperando o alvorecer

Músicas: Sem Companhia de Ivor Lancellotti e Paulo César Pinheiro




Tudo que esperei
De um grande amor
Era só juramento
Que o primeiro vento carregou
Outra vez tentei
Mas pouco durou
Foi um golpe de sorte
Que o vento mais forte derrubou
E assim, de quando em quando
Eu fui amando mais
Passei por ventos brandos
Passei por temporais
Agora estou num cais
Onde há uma eterna calmaria
E eu não agüento mais
Viver em paz
Sem companhia

Músicas: Pedro do Pedregulho de Geraldo Pereira




Pedro dos Santos vivia no Morro do Pedregulho
Quebrando boteco, fazendo barulho
Até com a própria poli'cia brigou
Vivia do jogo, e quando perdia só mesmo moamba
Rasgava pandeiro, acabava com o samba
Parece mentira, Pedro endireitou
Estelinha, o orgulho do morro, mulher disputada
Que quando ia ao samba saia pancada
Ao Pedro dos Santos deu seu grande amor
E ele trocou o revolver que usava, fingindo embrulho
por uma marmita, e sobe o Pedregulho
De noite, cansado do seu batedor.

Músicas: Teimosia de Ibys Maceioh e Mamede




Estou teimando ultimamente
Em por meu peito estraçalhado
A varejo prá voce não se iludir
Que ao invés de partir deva ficar
Arrisco o jogo
Do fogo que há de queimar
Um de nós dois, um de nós dois
E saberemos qual a cicatriz
Que haverá de marcar cada um de nós
Para o que houver, depois
Ainda ontem era o possível
O possível de todos os começos
Que se findam, fenecem e se fecham enfim
Ainda ontem era o possível
O possível de todos os começos
Que aos tropeços se vão estraçalhar
Um a um nas paredes da vida
Sem agora nem depois.

Músicas: Reconciliação de Cláudio Jorge




Lambi a lágrima caída do teu rosto
E nela provei o desgosto
E a mágoa que te causei
Foi um arrependimento só
E até hoje no meu peito
Eu tenho um nó
Que só poderá ser desatado
Com você sempre ao meu lado
E eu tentando te explicar
Que a vida também tem os seus revezes
E no amor quando se perde
É difícil de aceitar
Meu gesto é de reconciliação
Te dedico este meu samba
Prá ganhar o teu perdão

logo

Carmen Queiroz, é cantora de música popular brasileira, paranaense, radicada em São Paulo. Moldada com as influências de grandes intérpretes da MPB e reconhecida como uma das mais belas vozes do cenário musical brasileiro.
Com uma identidade vocal marcada por um timbre ímpar que mescla bom gosto à sofisticação, busca preservar a memória da música popular, mantendo o diálogo entre o tradicional e o contemporâneo.
Ao longo de sua carreira registra cinco trabalhos fonográficos solos (Flor da Paz, Leite Preto, Do meu jeito, Carmen Queiroz canta Cássio Junqueira, Enquanto Eu Fizer Canção) e participações em cds outros. Todos os seus CDs são distribuídos pela Tratore.

carmenqueiroz00@gmail.com






BUSCA



carmen queiroz

RIGNTONES


Baixe para Android

Baixe, coloque o arquivo mp3 na pasta Ringtones.
Vá em "configurações/som/toque chamada do dispositivo".
selecione o MP3 baixado.

Baixe para iPhone

Baixe o arquivo m4r
Dê 2 cliques para abri-lo no iTunes.
Vá em toques e selecione para sincronizar.
Sincronize seu telefone.
Vá em "configurações/toques".
selecione o ringtone baixado.