Carta aberta aos amigos

Olha a nova chance chegando outra vez, e sempre de nome novo. Desta vez é o 2016!
Vai encarar? Tomá-lo com as próprias mãos, ou você é daqueles que está sempre esperando ajuda?
Não importa se estará ao lado, um passo à frente ou atrás. O importante é seguir com ele, mudando umas coisinhas.
Lembra-se onde tropeçou e caiu? Pois é, agora é só se desviar das pedras que você sabe onde estão.
Lembra-se quando desistiu cansado sentindo-se o último dos coitados? Passaram-se dias, semanas e meses e você perdeu as melhores chances. É preciso investir incansável no que realmente vale à pena.
Ah! Os sonhos. Chegou aqui sem eles, não é? Ficaram lá em janeiro, fevereiro ou março. Começou a achá-los impossíveis...pesados e eles se esvaíram lhe deixando vazio.
Sonhe novamente, mas acredite, persevere!
É verdade, teve coisas legais: amigos, cervejas, passeios, músicas, amores. Tudo isso é bom manter. Afinal ninguém é de ferro.
Novembro, você olhou para trás e viu que as coisas se somaram poucas, olhou para frente e sentiu o limite próximo demais. Que fazer?
Janeiro chegou e existe um truque, anote aí:
São várias as chaves à nossa disposição para usarmos juntas ou uma a uma: fé, perseverança, otimismo, confiança, espírito vital, contando também com as mestras: compaixão e compreensão ao outro.
Pronto, é ABRE-TE SÉSAMO!
Bora lá embarcar neste 2016 na primeira classe e correr pro abraço!???
Já embarquei, e você?